Peritos federais compartilham experiências no Criminalística 2019

Peritos federais compartilham experiências no Criminalística 2019

Diversos profissionais representaram a perícia criminal federal na 25ª edição do Congresso Nacional de Criminalística, realizado de 1 a 4 de outubro em Goiânia. O evento é considerado um dos mais tradicionais da perícia criminal e ciências forenses da América Latina. 

Ao menos 15 peritos federais ministraram palestras durante o Criminalística 2019. Entre os temas abordados, estão: genética forense e bancos de DNA, prova pericial, perícias ambientais, local de crime, identificação de vítimas em grandes desastres, odontologia forense e inteligência forense. 

Presidente da Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais (APCF), Marcos Camargo também prestigiou o evento, do qual a entidade foi apoiadora. Para ele, o congresso é importante para o intercâmbio de informações e a troca de experiências.

“É necessário fortalecer a criminalística brasileira e iniciativas como esta são necessárias, pois auxiliam no debate sobre as metodologias e o rigor científico dos exames”, destaca Camargo.

Palestraram no congresso os peritos federais: João Ambrósio, Carlos Eduardo Palhares, Jesus Antonio Velho, José Viana Amorim, Aline Costa Minervino, Paulo Max Gil, Daniel Miranda, Clênio Belluco, João José de Castro Vallim, Alexandro Mangueira Lima de Assis, Alexandre Deitos, Erick Simões, José Helano Nogueira, Luis Guilherme Concentino e Ronaldo Carneiro Junior. 

O Congresso Nacional de Criminalística é um evento itinerante da Associação Brasileira de Criminalística (ABC), realizado de dois em dois anos. Além de palestras, a conferência contou ainda com debates, minicursos e apresentações de trabalhos científicos.