NOTA: APCF se manifesta em defesa do serviço público

NOTA: APCF se manifesta em defesa do serviço público

“A Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais (APCF) lamenta e repudia as declarações preconceituosas e equivocadas do ministro Paulo Guedes sobre o servidor público brasileiro.

Mesmo com a tentativa de se explicar, oportunidade em que preferiu culpar a imprensa pelo equívoco cometido por ele mesmo, o ministro mostra, por meio de ataques gratuitos, o descompasso entre ele e as obrigações do cargo que ocupa, revelando desconhecimento sobre o serviço público e desprezo pelo servidor público.

O ministro desconsidera que são justamente esses servidores os responsáveis por fiscalizar o Estado e levar Justiça, segurança, saúde e educação a todos os cantos do país. Os servidores têm na estabilidade funcional, que não é absoluta, a garantia e a segurança necessárias para prestar um serviço de Estado e se blindar contra os interesses dos governos de ocasião.

Inúmeras pesquisas mostram que a Polícia Federal, instituição da qual os peritos criminais federais têm orgulho de integrar, goza da confiança da população, fruto de uma atuação republicana, competente e dedicada de seus integrantes no combate à criminalidade, sobretudo no desbaratamento de diversos esquemas de corrupção no país.

Não se pode mais aceitar tentativas de confundir a população, jogando-a contra os servidores públicos, a fim de desviar o foco de políticas equivocadas que ignoram a importância dos profissionais e das instituições públicas para o desenvolvimento do país".

Marcos Camargo, presidente da Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais (APCF)