REFORMA DA PREVIDENCIA

postado 15/03/2017 por

POLICIAIS CIVIS E FEDERAIS PROTESTAM MAIS UMA VEZ NA ESPLANADA DOS MINISTÉRIOS EM DEFESA DA MANUTENÇÃO DA APOSENTADORIA POLICIAL NA CONSTITUIÇÃO FEDERAL

REFORMA DA PREVIDÊNCIA
Cerca de três mil policiais civis e federais, residentes no Distrito Federal, vão se reunir nesta quarta-feira, dia 15 de março, às 14h, em frente ao Congresso Nacional para protestar contra a PEC 287/16. A proposta de emenda constitucional em tramitação no Congresso pretende retirar da Constituição Federal o artigo que reconhece a atividade de risco dos profissionais de segurança nos critérios de concessão da aposentadoria. Essa é a segunda vez que os policiais se manifestam contra a PEC.  No dia 8 de fevereiro, dez mil policiais de todo o Brasil pararam a Esplanada.
Cerca de 30 entidades que integram a União dos Policiais do Brasil – UPB pretendem chamar a atenção das autoridades sobre a ameaça à sociedade que é ter uma polícia cada vez mais envelhecida nas ruas. Pelas novas regras, para obter aposentadoria integral, o policial terá de contribuir por 49 anos, aposentando-se próximo aos 70 anos de idade, o que excede a previsão de expectativa de vida da categoria, bem como inviabiliza o funcionamento operacional dos órgãos de segurança pública pelo envelhecimento do seu corpo de servidores.
No Brasil, morrem mais policiais do que no resto do mundo. Segundo o Anuário Brasileiro de Segurança Pública de 2016, entre 2009 e 2015 foram 2.543 policiais mortos, número que não encontra similar em nenhum outro país. O número de policiais assassinados no Brasil em um único ano é equivalente às mortes de policiais na Inglaterra em 98 anos.
A manifestação vai acontecer simultaneamente em todos estados da federação.
União dos Policias do Brasil – UPB
A União dos Policiais do Brasil congrega entidades representativas de profissionais de segurança pública do país, totalizando cerca de 300 mil membros. Ela foi criada para lutar contra o descaso do Governo Federal que desconhece as peculiaridades dos profissionais e dos órgãos de segurança pública.
Integram a UPB:
 
Associação Brasileira de Criminalística (ABC)
Associação Brasileira dos Papiloscopistas Policiais Federais (ABRAPOL)
Associação das Polícias do Congresso Nacional (APCN)
Associação dos Agentes de Trânsito do Brasil (AGTBRASIL)
Associação Nacional das Mulheres Policiais do Brasil (AMPOL)
Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF)
Associação Nacional dos Escrivães Polícia Federal (ANEPF)
Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais (APCF)
Associação Nacional dos Servidores da Polícia Federal (ANSEF)
Central Única Nacional dos Policiais Federais (CENTRAPOL)
Comissão Nacional dos Policiais Ferroviários Federais (CNPFF)
Confederação Brasileira de Trabalhadores Policiais Civis (COBRAPOL)
Conferência Nacional das Guardas Municipais (CONGM)
Conselho Nacional de Entidades Representativas de Servidores e
Trabalhadores do Sistema Socioeducativo (CONASSE)
Federação Brasileira dos Servidores Penitenciários (FEBRASP)
Federação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (FENADEPOL)
Federação Nacional dos Peritos em Papiloscopia e Identificação (FENAPPI)
Federação Nacional dos Policiais Federais (FENAPEF)
Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais (FENAPRF)
Federação Nacional dos Servidores Penitenciários (FENASPEN)
Federação Nacional dos Sindicatos de Guardas Civis (FENAGUARDAS)
Ordem dos Policiais do Brasil (OPB)
Sindicato dos Delegados de Polícia do DF (SINDEPO/DF)
Sindicato dos Delegados de Polícia Federal no DF (SINDEPOL/DF)
Sindicato dos Peritos Oficiais Criminais do DF (SINDIPERÍCIA/DF)
Sindicato dos Policiais Civis do DF (SINPOL/DF)
Sindicato dos Policiais Federais no DF (SINDIPOL/DF)
União Nacional dos Policiais Legislativos (UNIPOLBR)


SERVIÇO:
Manifestação contra a PEC 287/16
Local: Alameda dos Estados. Em frente ao Congresso Nacional
Hora: 14h

ASSESSORIA DE IMPRENSA
Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais – APCF
Taynara Figueiredo
 

SHIS QI 9 Conjunto 11 CS 20 - Lago Sul CEP:71625-110
Brasília - DF
 

Telefones: (61) 3345.0882 / 3346.9481 / 3346.7235 / 3345.1123  
Email: apcf@apcf.org.br